fev 24 2017

Emater certifica 28 pacientes do CREDEQ no curso de hortas

Um grupo de 28 pacientes do Centro de Referência e Excelência em Dependência Química, em Aparecida de Goiânia (CREDEQ – Prof. Jamil Issy), recebeu o certificado de conclusão do Curso de Olericultura, ministrado pela Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater/GO).

O evento aconteceu no período matutino desta sexta-feira (24), no Anfiteatro da Musicoterapia da Ala Masculina da instituição de saúde. A formação de todos os pacientes do CREDEQ – Prof. Jamil Issy teve início na última segunda-feira (20), estendendo-se até quinta-feira (23). As aulas, tanto práticas, quanto teóricas, aconteceram pela manhã, sempre entre 9 e 11h30. 

Estiveram presente à formatura os diretores do CREDEQ – Prof. Jamil Issy, representante da Comunidade Luz da Vida, responsável pela gestão da unidade de saúde, Claudes Baré, superintendente de Acesso a Serviços Hospitalares e Ambulatoriais da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SUPRASS/SES-GO), Vânia França, superintendente de Proteção Especial, representando a secretária de Assistência Social Mayara Mendanha, Bruno Teixeira, Wilker Moreira, secretário Executivo da Desenvolvimento Urbano de Aparecida de Goiânia, representando o secretário do Desenvolvimento Urbano Max Menezes, e Otto Teixeira, da Emater/GO, representando a diretoria da estatal goiana.

De acordo com o engenheiro agrônomo Antônio Ribeiro de Campos, responsável pelo escritório da Emater/GO em Aparecida de Goiânia e professor encarregado de ministrar as aulas, o trabalho desenvolvido serviu tanto como terapia ocupacional, como, também, uma maneira qualifica de se reinserir no mercado de trabalho. “As opções para se conquistar independência financeira, ao se dominar as técnicas de preparo e produção de horas, assim como de plantas ornamentais, são grandes”, esclarecer Antônio Ribeiro.

Para o diretor Geral do CREDEQ – Prof. Jamil Issy, Cleison Rodrigues, “o curso, além de produzir efeitos físicos e financeiros, também, tende a gerar virtuosidades espirituais no paciente, que em analogia se identificam como mudas cultivadas e desenvolvidas”. De acordo com o Gilmar Bessa, da Luz da Vida, o curso foi, também, “espiritualmente, transformador para os seus participantes, incentivando-os a se esperarem no cultivo à floração”. 

Por outro lado, Cleudes Bernardes da Costa fez questão de frisar que “nenhuma queda é capaz de aniquilar a determinação pessoal de uma pessoa em ser melhor e feliz”. O superintendente da SES/GO pediu aos formandos para que não “deixassem a rotina da vida lhes impor rótulos de fracassados”. “O problema não é cair, mas quanto tempo ficamos no chão. O CREDEQ está lhe fornecendo ferramentas para a vida. Aproveite e decida sempre pelo seu bem-estar”.

A representante da Ação Social de Aparecida de Goiânia, Vânia França, reforçou a premissa de que “a vitória somente chega depois de muita luta, onde estão inclusas ações de derrota”. Para o professor Antônio Ribeiro, a Emater ao disponibilizar informações e ensinamentos de produção, está contribuindo para a melhoria na qualidade de vida de cada formando. “Agora, vocês precisam apenas se dedicar, ter zelo, perseverança e confiança em vocês, pois o vocês já preparam o terreno da vitória”.

Link permanente para este artigo: http://credeq-go.org.br/emater-certifica-28-pacientes-do-credeq-no-curso-de-hortas/

fev 23 2017

Emater certifica paciente do CREDEQ pelo curso sobre hortas

A Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater/GO), em parceria com o Centro de Referência e Excelência em Dependência Química, em Aparecida de Goiânia (CREDEQ – Prof. Jamil Issy), realiza a certificação de todos os pacientes que participaram do Curso de Olericultura, realizado entre os dias 20 e 23 deste mês. É a segunda vez que a Agência goiana titula pacientes do CREDEQ – Prof. Jamil Issy.

De acordo com o engenheiro agrônomo Antônio Ribeiro de Campos, responsável pelo escritório da Emater/GO em Aparecida de Goiânia e professor encarregado de ministrar as aulas, o trabalho que foi desenvolvido serviu tanto como terapia ocupacional, como, também, como opção para se ganhar dinheiro, após a alta.

O professor explica que a produção de mudas ornamentais e hortaliças é capaz de viabilizar financeiramente uma pessoa. “É preciso dedicação, zelo, perseverança e conhecimento. Nós disponibilizamos informações técnicas e práticas sobre a produção, alertando aos participantes que a atuação nesta área é gratificante do ponto de vista profissional e financeiro”, adianta o professor.

Na aula prática foi ensinado desde como fazer um canteiro até montar uma horta, passando pela escolha do local, as sementes, a utilização dos insumos e o preparo do solo. Também no transcorrer da aula prática, os pacientes conheceram as técnicas para produção de mudas de plantas ornamentais.

Link permanente para este artigo: http://credeq-go.org.br/emater-certifica-paciente-do-credeq-pelo-curso-sobre-hortas/

fev 23 2017

CIPA do CREDEQ realiza palestra sobre trânsito

A Comissão Interna de Prevenção de Acidentes do Centro de Referência e Excelência em Dependência Química, em Aparecida de Goiânia (CIPA/CREDEQ – Prof. Jamil Issy), realiza palestra sobre trânsito, com foco na segurança de condutores, passageiros e pedestres. A conferência ocorre no salão da Terapia Ocupacional do Ambulatório de Adultos.

A exposição, que acontece a partir das 9 horas, com encerramento previsto para às 10h30, é realizada pelo especialista em Medicina de Tráfego pelo Detan/GO enfermeiro Pedro Robson da Silva Barbosa Juliano. O colóquio acontece nesta quinta-feira (23), para os colaboradores administrativos e clínicos do CREDEQ – Prof. Jamil Issy, e sexta-feira (24), aos trabalhadores da área de serviços gerais e manutenção predial.

De acordo com o presidente da CIPA/CREDEQ – Prof. Jamil Issy, psicólogo Marcus Túlio Klein, gerente da equipe multiprofissional, é importante se reforçar as melhores e mais cautelosas técnicas de direção defensiva. O dirigente esclarece que os acidentes de trânsito se sucedem principalmente no ínterim entre as residências e o ambiente de trabalho.

O palestrante Pedro Robson alertou aos participantes sobre as principais causas que provocam acidentes nas vias de trânsito, a exemplo do uso obrigatório do cinto de segurança, capacete e as ultrapassagens perigosas. O especialista revelou que, no Brasil, o trânsito provoca a morte de cerca de 45 mil pessoas por ano, tendo por causa a imprudência do próprio motorista.

A Comissão é um importante organismo interno de prevenção de acidente do trabalho. O objetivo da Cipa é preservar a saúde e a integridade física dos trabalhadores e de todos os que interagem com a empresa (aqueles que prestam serviço para a empresa). Cabe à CIPA investigar os acidentes e promover e divulgar o zelo pela observância das normas de segurança, bem como a promoção da Semana Interna de Prevenção de Acidentes (SIPAT).

Link permanente para este artigo: http://credeq-go.org.br/cipa-do-credeq-realiza-palestra-sobre-transito/

fev 22 2017

Encerrado processo seletivo do CREDEQ

O Centro de Referência e Excelência em Dependência Química, em Aparecida de Goiânia (CREDEQ – Prof. Jamil Issy), encerrou o seu processo seletivo, organizado para contratar 196 profissionais, para 27 funções, com salários que variam entre R$ 950 e R$ 8.390,00. Todos os convocados serão contratados pela Associação Comunidade Luz da Vida em regime celetista, conforme as necessidades da unidade, considerando a validade de seis meses do processo. 

O resultado final deverá ser proclamado na primeira semana de março. A contratação obedecerá a ordem de classificação. A Luz da Vida, que atua há 19 anos com dependência química, é a responsável pela administração do CREDEQ – Prof. Jamil Issy. O certame, iniciado em 10 de janeiro, foi dividido em quatro etapas (candidatura, análise curricular, prova e entrevista por competência).

O CREDEQ – Prof. Jamil Issy é um hospital psiquiátrico, com um protocolo terapêutico de 90 dias, onde são tratados casos severos de dependência química. A internação é a primeira fase do tratamento. A outra, que deverá ser contínua e por, no mínimo, um ano, acontece em âmbito ambulatorial, com apoio do corpo clínico – psiquiatria, psicologia, enfermagem, terapia ocupacional e assistência social.

Vale ressaltar que a dependência química é resultante de transtorno mental, como qualquer outro problema psiquiátrico ou neurológico. De acordo com o diretor técnico da unidade de saúde, psiquiatra Tiago Oliveira, a dependência é uma ​enfermidade crônica, progressiva e fatal. Sem cura, a doença precisa ser monitorada e o paciente assistido.

Link permanente para este artigo: http://credeq-go.org.br/encerrado-processo-seletivo-do-credeq/

fev 21 2017

Tem início a 2ª turma no curso de hortas no CREDEQ

Um novo grupo de 12 pacientes do Centro de Referência e Excelência em Dependência Química, em Aparecida de Goiânia (CREDEQ – Prof. Jamil Issy), inicia amanhã, quarta-feira (22), o Curso de Olericultura, que será ministrado pela Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater/GO).

A formação de todos os pacientes do CREDEQ – Prof. Jamil Issy teve início na última segunda-feira (20), estendendo-se até quinta-feira (23). As aulas acontecem em duas manhãs, sempre entre 9 e 11h30, sendo o primeiro dia com aula teórica e no segundo dia, aula prática.

De acordo com o engenheiro agrônomo Antônio Ribeiro de Campos, responsável pelo escritório da Emater/GO em Aparecida de Goiânia e professor encarregado de ministrar as aulas, o trabalho que está sendo desenvolvido serve tanto como terapia ocupacional, como, também, como opção para se ganhar dinheiro, após a alta.

O professor explica que a produção de mudas ornamentais e hortaliças é capaz de viabilizar financeiramente uma pessoa. “É preciso dedicação, zelo, perseverança e conhecimento. Nós estamos disponibilizando informação e ensinando, na prática, como produzir”, adianta o professor.

 

Na aula prática é ensinado desde como fazer um canteiro até montar uma horta, passando pela escolha do local, as sementes, a utilização dos insumos e o preparo do solo. Também no transcorrer da aula prática, os pacientes conhecerão as técnicas para produção de mudas de plantas ornamentais.

Link permanente para este artigo: http://credeq-go.org.br/tem-inicio-a-2a-turma-no-curso-de-hortas-no-credeq/

fev 21 2017

CREDEQ parabeniza o novo coordenador de Saúde Mental do Ministério da Saúde

O Centro de Referência e Excelência em Dependência Química, em Aparecida de Goiânia (CREDEQ – Prof. Jamil Issy), por meio da sua Diretoria Técnica, enviou mensagem de congratulações ao médico Quirino Cordeiro Junior, o coordenador-Geral de Saúde Mental, Álcool e Outras Drogas do Departamento de Ações Programáticas Estratégicas, da Secretaria de Atenção à Saúde do Ministério da Saúde. O psiquiatra assumiu a cadeira no último dia 10 de fevereiro.

Com cerca de vinte anos de experiência em psiquiatria e trabalhador da saúde mental, como ele mesmo se apresenta, Quirino Cordeiro desenvolveu pesquisas científicas sólidas na área acadêmica, tendo atuado como Professor Adjunto e Chefe do Departamento de Saúde Mental da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (FCMSCSP), bem como Professor da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Quirino Cordeiro, também, é vice-coordenador do Departamento de Ética de Psiquiatria Legal da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP).

Para o diretor técnico do CREDEQ – Prof. Jamil Issy, psiquiatra Tiago Oliveira, “a nomeação deste técnico é uma conquista para a saúde pública brasileira. Quirino Cordeiro Junior tem uma invejável experiência acadêmica e vivência na assistência pública em saúde mental, caracterizando-o como um profissional de grande força de vontade, além de um excelente pesquisador e ser humano admirável”.

Inaugurado em 23 de junho de 2016, o CREDEQ – Prof. Jamil Issy é um hospital psiquiátrico e a dependência química é resultante de transtorno mental, como qualquer outro problema psiquiátrico ou neurológico. De acordo com Tiago Oliveira, a dependência é uma enfermidade crônica, progressiva e fatal.

Link permanente para este artigo: http://credeq-go.org.br/credeq-parabeniza-o-novo-coordenador-de-saude-mental-do-ministerio-da-saude/

fev 16 2017

Emater/GO ensina pacientes do CREDEQ a cultivarem horta

Os pacientes do Centro de Referência e Excelência em Dependência Química, em Aparecida de Goiânia (CREDEQ – Prof. Jamil Issy), iniciam na próxima semana Curso de Olericultura, a ser ministrado pela Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater/GO). A formação acontecerá, no período matutino, sempre a partir das 9 horas, entre segunda (20) e quinta-feira (23).

Na sexta-feira (24), os participantes receberão os certificados, no Anfiteatro da Musicoterapia, localizado na Ala de Adultos, às 9 horas. O objetivo do curso é promover o desenvolvimento dos pacientes no processo de recuperação contra a dependência química, bem como incentivar novas práticas para obtenção de renda após a alta da unidade, que é ligada à Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES/GO). Esta é a segunda vez que a Emater/GO ensina sobre as práticas agropecuárias a todos que tiveram interesse.

Durante o curso, os pacientes receberão noções teóricas e práticas sobre a produção de legumes e hortaliças. De acordo com o responsável pelo escritório da Emater em Aparecida de Goiânia, Antônio Ribeiro de Campos, que, também, ministrará o curso, as aulas esclarecerão dúvidas específicas da produção, como índice de acidez do solo, os níveis de adubação, a medida correta dos canteiros e até o correto posicionamento do sol.

Terapia

Estudiosos da área de terapia ocupacional têm ressaltado os resultados das práticas agrícolas para o tratamento de problemas relacionados à dependência química. Para a terapeuta ocupacional do Credeq, Stefania Siqueira, o curso promove o trabalho em equipe e estimula a socialização.

A profissional ressalta, ainda, que os participantes têm oportunidade de desenvolverem aspectos ligados à capacitação profissional. “Por meio desse curso, os pacientes exercitaram o senso de responsabilidade com suas ações e dessa forma têm o tratamento estimulado positivamente”, ressalta Stefania.

Link permanente para este artigo: http://credeq-go.org.br/ematergo-ensina-pacientes-do-credeq-a-cultivarem-horta/

fev 16 2017

Diretoria do CREDEQ se reúne com novo superintendente da SES

A diretoria do Centro de Referência e Excelência em Dependência Química, em Aparecida de Goiânia (CREDEQ – Prof. Jamil Issy), esteve reunida com a Superintendência de Acesso a Serviços Hospitalares e Ambulatoriais da Secretaria de Saude de Goiás (SUPRASS/SES), para conhecer o novo titular e discutir o aperfeiçoamento no sistema de entrada de pacientes na instituição.

De acordo com o superintendente Cleudes Bernardes da Costa, a SUPRASS se empenhará em explicar aos prefeitos goianos a importância do CREDEQ – Prof. Jamil Issy, franqueando a eles a oportunidade de conhecerem, pessoalmente, as instalações, o processo terapêutico e os profissionais responsáveis. “Quanto mais informações disponibilizamos aos municípios, menores serão os impedimentos ao tratamento de qualidade contra a dependência química”, ressalta Cleudes Baré, que comandou a Associação Goiana de Municípios (AGM – 2013/2016) e a Prefeitura de Bom Jardim (2009/2016).

A SUPRASS é uma superintendência da Secretaria de Saúde de Goiás, responsável por organizar e monitorar o acesso à assistência, construindo os fluxos assistenciais no âmbito do SUS, no Estado de Goiás, em consonância com a Política de Regulação. O objetivo das ações é de promover a equidade do acesso, garantindo a integralidade da assistência e permitindo ajustar a oferta assistencial disponível às necessidades do cidadão, de forma equânime, ordenada, oportuna e racional.

Atualmente, o referencialmente de pacientes para o CREDEQ – Prof. Jamil Issy acontece, prioritariamente, por meio dos 11 Centros de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (CAPS AD), distribuídos por diferentes municípios goianos. A instituição de saúde também presta atendimento às pessoas referenciadas por outros 74 CAPS goianos (CAPS I e II), além das unidades básicas de saúde dos municípios desprovidos de CAPS.

 

Link permanente para este artigo: http://credeq-go.org.br/4215-2/

fev 15 2017

Políticos conhecem rotina terapêutica do CREDEQ

Uma comitiva de parlamentares, acompanhada pelo superintendente executivo da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (Supex da SES/GO), Deusdedith Vaz, e pela presidente do Grupo Executivo de Enfrentamento às Drogas, Ivânia Fernandes, foi recepcionada pela diretoria do Centro de Referência e Excelência em Dependência Química, em Aparecida de Goiânia (CREDEQ – Prof. Jamil Issy).

Durante a visita técnica, na qual foram questionadas rotina, resolutividade, referenciamento, acolhida e funcionamento administrativo e financeiro, ocorreu no final da manhã desta quarta-feira (15). A comitiva era composta pelos deputados estaduais Francisco Jr. e Lincoln Tejota, como também pela vereadora Priscilla Tejota.

O grupo conheceu o Ambulatório Infanto-juvenil, a Farmácia, a área de convivência das famílias em dias de visitas (Coliseu), os espaços terapêuticos, a Ala Adulta (academia, sala de oficinas terapêuticas, salas de musicoterapia, consultórios clínicos), Unidade de Terapia Residencial, Detox (unidade de desintoxicação), horta, canil, refeitório e Ala Infanto-juvenil.

 

Discutiu-se, ainda, o Sistema de Referenciamento, que atualmente é realizado pelos CAPS Álcool e Droga, ou CAPS I e II. Nos municípios onde não existem estas unidades, a responsabilidade é da Secretaria Municipal de Saúde. Com base no relato de pacientes, a Supex da SES tem identificado dificuldades no encaminhamento dos pacientes, que se veem privados do acesso a uma abordagem mais específica e intensiva contra a dependência química. (Fotos: Carlos Costa/Aloego e Lailson Damásio/SES)

Link permanente para este artigo: http://credeq-go.org.br/politicos-conhecem-rotina-terapeutica-do-credeq/

fev 14 2017

CREDEQ desenvolve oficinas terapêuticas

 

O tratamento contra a dependência química no CREDEQ – Prof. Jamil Issy além de ações clínicas, conta com intervenções de apoio, como a Terapia Ocupacional, pela qual se busca superar com o paciente as suas dificuldades pessoais e construir a sua adaptação à vida em sociedade.

 

Para atender a demanda, duas terapeutas ocupacionais atuam no Centro de Referência e Excelência em Dependência Química, em Aparecida de Goiânia (CREDEQ – Prof. Jamil Issy): Stefania Siqueira Rosa (manhã) e Barbara Lima (tarde).

 

Ambas atendem na Sala de Oficinas Terapêuticas, localizada na Ala Adulta Masculina. No espaço, os pacientes, diariamente, produzem diversos trabalhos manuais, com o propósito de melhorar o desempenho funcional e reduzir eventuais desvantagens, promovendo, potencializando e restaurando habilidades.

De acordo com a terapeuta ocupacional Bárbara Lima, durante a oficina são desenvolvidas atividades que estimulam aspectos cognitivos, aprimoram as relações interpessoais, diminuem a ansiedade e elevam a autoestima. A sua colega, Stefania Siqueira Rosa, ressalta, também, que aos pacientes do CREDEQ – Prof. Jamil Issy são disponibilizadas ferramentas que os possibilita maior probabilidade de reintegração à sociedade.

Link permanente para este artigo: http://credeq-go.org.br/credeq-desenvolve-oficinas-terapeuticas/

Posts mais antigos «