jan 20 2017

Paciente do CREDEQ é batizado no catolicismo

 

 

 

 

 

Aos 20 anos de idade, o garçom Tiago Liberato Rodrigues de Castro, que receberá alta no próximo dia 23,

diz que o sacramento lhe reforça a convicção de lutar contra as drogas

 

O garçom Tiago Liberato Rodrigues de Castro, aos 20 anos de idade, foi batizado no catolicismo no início da tarde desta quarta-feira (18), durante a celebração da eucaristia pelo padre Paulo Roberto Barbosa, responsável pela Pastoral da Sobriedade em Aparecida de Goiânia. Tiago Liberato é um dos pacientes do Centro de Referência e Excelência em Dependência Química, em Aparecida de Goiânia (CREDEQ – Prof. Jamil Issy).

O batizado acontece cinco dias antes dele receber a alta, depois de permanecer 14 semanas internado na unidade, que é ligada à Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES). Pai de uma criança com um ano e meio, Tiago Liberato viveu nas drogas durante oito ano. Natural de Palmas (TO), ele reside em Angras dos Reis (RJ) e descobriu o CREDEQ – Prof. Jamil Issy durante estadia em Goiânia, na residência dos tios paternos.

O garçom, que está com 20 anos de idade, teve por padrinho o psiquiatra Savio Luiz Barbosa Severo e por madrinha a irmã Raquel Ferreira Lemes, coordenadora do projeto Casa da Missão e uma das responsáveis pelos serviços religiosos e humanitários disponibilizados aos pacientes e colaboradores do CREDEQ – prof. Jamil Issy. O batizado aconteceu em uma das três capelas do hospital.

Batizado

Aos católicos é ensinado que o sacramento do Batismo lava o pecado, pelo derramamento de água sobre a cabeça do batizando e a invocação do nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. No caso de um adulto ser batizado, o sacramento remove também os pecados cometidos anteriormente.

 

O rito batismal foi acompanhado por Wilson de Castro, tio de Tiago Liberato, responsável por encaminhar o sobrinho para o CREDEQ – Prof. Jamil Issy. “Sinto-me consagrado à Luz da Criação pelo Batismo. Percebo-me muito confiante de que estarei sendo protegido por Deus ao retornar ao seio da sociedade. Vou utilizar as ferramentas da ciência e de Deus para me manter longe das drogas, dos descaminhos e perseverando no retorno às aulas, ao trabalho, à família e ao crescimento como ser humano ”, revelou o paciente batizado.

Link permanente para este artigo: http://credeq-go.org.br/3760-2/

jan 20 2017

Deputado se encanta com CREDEQ 6 meses após inauguração

Trinta semanas depois de estar presente à inauguração do Centro de Referência e Excelência em Dependência Química, em Aparecida de Goiânia (CREDEQ – Prof. Jamil Issy), o deputado Marlúcio Pereira (PSB) voltou à unidade, na manhã desta quinta-feira, 19, constatando que “o local está encantador e superando as expectativas, do ponto de vista arquitetônico, terapêutico e humanístico”.

Durante 90 minutos e acompanhado pelos diretores Cleison Rodrigues (Geral) e Tiago Oliveira (Técnico), além da equipe da TV Assembleia Legislativa, o parlamentar percorreu a Ala Masculina, onde conversou com pacientes, conheceu as instalações e ainda participou do karaokê com os pacientes, organizado às quintas-feiras, durante a musicoterapia.

Na oportunidade, Marlúcio Pereira se comprometeu a viabilizar doações de livros para a biblioteca do CREDEQ – Prof. Jamil Issy, colocação de alambrado e cobertura para a quadra de esporte e ampliação no número de viagens da Linha 340 do ônibus (atualmente são duas viagens – manhã e à tarde).

Link permanente para este artigo: http://credeq-go.org.br/deputado-se-encanta-com-credeq-6-meses-apos-inauguracao/

jan 17 2017

Processo seletivo do CREDEQ teve 2,8 mil inscrições

O Centro de Referência e Excelência em Dependência Química, em Aparecida de Goiânia (CREDEQ – Prof. Jamil Issy) contabilizou 2.820 inscrições efetivadas ao seu segundo processo seletivo, no qual são ofertadas 196 vagas, de 27 cargos. A totalização, que foi divulgada pelo RH da unidade de saúde, no início da tarde, é cerca de 46% menor que as 5.260 senhas distribuídas nos seis dias da primeira fase do certame. 

De acordo com o diretor geral do CREDEQ – Prof. Jamil Issy, Cleison Rodrigues, a grande procura aconteceu nos três últimos dias de inscrições (3.537). Quanto a diferença entre o número de senhas distribuídas e candidaturas efetivadas, o diretor esclarece que nem todos os atendidos efetivaram suas inscrições, principalmente, por falta de documentos que comprovassem as informações na ficha de inscrição, ou, simplesmente, por desconhecerem as funções ofertadas.

“O índice de desconhecimento do conteúdo do edital foi muito alto. Candidatos chegaram a preencher a ficha de inscrição sem saber ao menos quais cargos eram disponibilizados. Sem contar que muitos não tinham sequer os documentos básicos de identificação. Compareceram ao CREDEQ apenas por que ouviram falar que haveria contratação”, exemplifica Rodrigues.

As maiores procuras ficaram por conta dos cargos de farmacêutico (80 inscritos, para uma vaga), auxiliar de almoxarifado (60 inscritos, para uma vaga), educador físico (176 inscrições, para três vagas), nutricionista (97 inscritos, para duas vagas), telefonista (79 inscritos, para duas vagas) e assistente de agente administrativo (424 inscritos, para 13 vagas).

Todas as inscrições vão passar pela análise curricular. Até a próxima semana deve ser divulgada a listagem com os nomes dos candidatos aptos a realizarem as provas. Os resultados serão publicados no site do CREDEQ – Prof. Jamil Issy (credeq-go.org.br).

Link permanente para este artigo: http://credeq-go.org.br/processo-seletivo-do-credeq-teve-28-mil-inscricoes/

jan 16 2017

Terminam as inscrições ao processo seletivo do CREDEQ

Encerradas, às 16 horas, desta segunda-feria, 16 de janeiro, as inscrições ao processo seletivo do Centro de Referência e Excelência em Dependência Química (CREDEQ – Prof. Jamil Issy, em Aparecida de Goiânia, que contratará 196 pessoas, para 27 funções. No momento do encerramento estavam presentes 307 pessoas na fila. A todos foram entregues senhas.

A direção da unidade de saúde estima que cerca de 5,5 mil pessoas tenham se candidatado a uma das vagas disponibilizadas. A partir de amanhã se inicia a etapa de avaliação curricular. Até o início de março as 196 vagas terão sido preenchidas e o CREDEQ – Prof. Jamil Issy estará funcionando em sua capacidade máxima.

Aliás, a partir do dia 30 de janeiro, entra em funcionamento o Ambulatório Masculino Adulto e mais 12 leitos, totalizando 42. Considerando o cronograma acertado com a Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES), a quem o CREDEQ – Prof. Jamil Issy é ligado, a unidade estará totalmente aberta a partir de março.

Link permanente para este artigo: http://credeq-go.org.br/terminam-as-inscricoes-ao-processo-seletivo-do-credeq/

jan 10 2017

CREDEQ lança processo seletivo para preencher 196 vagas

O Centro de Referência e Excelência em Dependência Química, em Aparecida de Goiânia (CREDEQ – Prof. Jamil Issy) lança, nesta terça-feira (10), um edital do seu processo seletivo para preenchimento de 196 vagas de trabalhos, em 27 funções (leia quadro abaixo). Os salários oscilam entre R$ 950,00 e R$ 8.390,00. Os candidatos classificados, convocados e contratados receberão, além do salário base, os devidos adicionais de acordo com a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

Todos os convocados serão contratados pela Associação Comunidade Luz da Vida em regime celetista. A contratação obedecerá a ordem de classificação. A instituição, que atua há 19 anos com dependência química, é a responsável pela administração do CREDEQ – Prof. Jamil Issy. O certame está dividido em quatro etapas, sendo que a primeira, que é o período de candidatura, se encerra na próxima segunda-feira (16).

As inscrições deverão ser efetivadas pessoalmente, nos períodos matutino (entre 8 horas e meio-dia) e vespertino (das 14 até as 16 horas), na sede do CREDEQ – Prof. Jamil Issy, em Aparecida de Goiânia. No sábado, dia 14, o registro poderá ser realizado entre 8 horas e meio-dia.  O interessado deverá estar munido de ficha de inscrição preenchida, que está disponível no site www.credeq-go.org.br.

Do total de vagas oferecidas neste processo, 3% serão reservadas às pessoas com deficiência que atendam às exigências legais. As datas das demais etapas do concurso (análise curricular, prova e entrevista por competência) serão publicadas no site do CREDEQ – Prof. Jamil Issy, assim como os resultados do processo.

 

Cargo Jornada semanal (horas) Remuneração bruta (R$) vagas
Auxiliar de Manutenção Predial 44h (diurno) 1.200,00 01
Assistente da Agente Administrativo 40h (diurno) 1.200,00 13
Assistente da Qualidade 40h (diurno) 1.200,00 01
Auxiliar Contábil 40h (diurno) 1.200,00 01
Auxiliar de Farmácia 30h (diurno e noturno) 1.200,00 03
Auxiliar de Almoxarifado 44h (diurno) 1.450,00 01
Monitor Multiprofissional (plantão) 30h (diurno e noturno) 1.400,00 12
Motorista 40h (diurno) 1.557,92 01
Recepcionista (plantão) 30h (diurno e noturno) 950,00 10
Recepcionista (administrativo) 44h (diurno) 1.100,00 01
Telefonista 30h (diurno) 950,00 02
Técnico de Enfermagem (plantão) 30h (diurno e noturno) 1.200,00 58
Técnico de Informática 44h (diurno) 1.800,00 02
Assistente Social 36h (diurno) 3.000,00 10
Bibliotecário 30h (diurno) 2.200,00 01
Enfermeiro (plantão) 30h (diurno e noturno) 3.000,00 18
Educador Físico 36h (diurno) 3.000,00 03
Farmacêutico 30h (diurno) 3.000,00 01
Médico Clínico Geral 20h (diurno) 5.600,00 02
Médico Plantonista 30h (diurno e noturno) 3.500,00 04
Médico Pediatra 20h (diurno) 5.600,00 01
Médico Psiquiatra 20h (diurno) 8.390,00 17
Musicoterapeuta 36h (diurno) 3.000,00 01
Nutricionista 30h (diurno) 2.692,26 02
Psicopedagogo 36h (diurno) 3.000,00 03
Psicólogo 36h (diurno) 3.000,00 17
Terapeuta Ocupacional 36h (diurno) 3.000,00 10

Link permanente para este artigo: http://credeq-go.org.br/3682-2/

jan 09 2017

CREDEQ arrecada 830 fraldas para o Siga Bebê

O Centro de Referência e Excelência em Dependência Química, em Aparecida de Goiânia (CREDEQ – Prof. Jamil Issy), arrecadou 830 faldas para às gestantes do Siga Bebê. A campanha foi organizada pela Secretaria da Saúde de Goiás (SES), responsável, também, pela administração do programa que beneficia quatrocentas gestantes atendidas pelo SUS.

Durante três semanas, os colaboradores do CREDEQ – prof. Jamil Issy organizaram grupos e buscaram os melhores meios para adquirir o produto. A campanha recolheu fraldas em tamanhos que variaram de recém-nascido (RN), pequeno (P) e médio (M). Caixas de coletas foram dispostas em dois pontos da unidade de saúde, que é ligada à Secretaria de Estado da Saúde de Goiás – rol da Ala Administrativa e Sala do Multiprofissionais da Ala Adulta Masculina.

O Siga Bebê é coordenado pela Superintendência de Vigilância em Saúde em parceria com a Superintendência de Política de Atenção Integral à Saúde (SPAIS). A meta do programa é reduzir de 13,4 (2013) para 10,6 o índice de mortalidade infantil no estado. O programa faz parte do Goiás Mais Competitivo (GMC). A SES tem duas prioridades: a redução da taxa de mortalidade infantil e a ampliação do acesso à atenção básica no Estado

Óbitos infantis

Estudos epidemiológicos realizados pela SES demonstram que, entre os 246 municípios goianos, 30 são responsáveis por aproximadamente 76% do total de óbitos infantis no Estado, sendo eles: Águas Lindas, Anápolis, Aparecida de Goiânia, Bom Jesus de Goiás, Caldas Novas, Campos Belos, Catalão, Cidade Ocidental, Cristalina, Formosa, Goianésia, Goiânia, Goianira, Inhumas, Itaberaí, Itapuranga, Itumbiara, Jaraguá, Jataí, Luziânia, Mineiros, Novo Gama, Planaltina, Posse, Rio Verde, Santa Helena de Goiás, Santo Antônio do Descoberto, Senador Canedo, Trindade e Valparaíso de Goiás.

Link permanente para este artigo: http://credeq-go.org.br/credeq-arrecada-830-fraldas-para-o-siga-bebe/

jan 06 2017

Pacientes fazem despedida festiva à alta de ex-dependente

Pacientes do Centro de Referência e Excelência em Dependência Química, em Aparecida de Goiânia (CREDEQ – Prof. Jamil Issy) se reuniram na manhã da última quinta-feira (5) para realizar uma singela, porém, contagiante despedida festiva para o colega de protocolo terapêutico que conseguiu cumprir a primeira parte do tratamento contra a dependência química.

Dárcio Oliveira, aos 33 anos de idade e 18 anos como dependente químico, recebeu alta melhorada do corpo clínico do CREDEQ – Prof. Jamil Issy. Depois de passar por nove clínicas e quatro tratamentos, o pedreiro e motorista profissional permaneceu 87 dias em tratamento na unidade de saúde. Ele garante estar seguro para enfrentar a rotina da vida e romper com os paradigmas da dependência.

Filho de um pequeno empreiteiro, Dárcio Oliveira será acompanhado, tanto pela rede CAPs em Goiânia, onde reside, quanto pelo corpo multiprofissional do CREDEQ – Prof. Jamil Issy, onde mensalmente deverá retornar para realizar exames presenciais. Ele também continuará sendo assistido por um psicólogo semanalmente.

 Banda musical

O sarau de partida foi organizado pela musicoterapeuta Fabrícia Santos Santana a pedido dos pacientes. Foram executadas quatro canções – Aleluia (Leonard Cohen), Restitui (Toque no Altar), Tempo perdido (Legião Urbana) e Tente outra vez (Raul Seixas). A banda foi composta nas guitarras por Dárcio Oliveira e pelo psiquiatra Sávio Luiz Barbosa Severo. A bateria foi conduzida pelo motorista Joel Martins.

Link permanente para este artigo: http://credeq-go.org.br/pacientes-fazem-despedida-festiva-a-alta-de-ex-dependente/

jan 05 2017

Fazenda da Esperança visita o CREDEQ

 

A representante da Fazenda da Esperança no Centro-Oeste, Fátima Roriz, conheceu o Centro de Referência e Excelência em Dependência Química, em Aparecida de Goiânia (CREDEQ – Prof. Jamil Issy), assim como o seu protocolo terapêutico. A visita aconteceu no final da manhã desta quarta-feira (4).

Fátima Roriz estava acompanhada pela superintendente de Política de Atenção Integral a Saúde (Spais), Evanilde Fernandes Costa Gomides, e pela gerente de Saúde Mental, Nathalia dos Santos Silva. Elas foram recepcionadas pela pelos diretores Geral, Cleison Rodrigues, e Técnico, psiquiatra Tiago Oliveira.

Voluntária do projeto Fazenda da Esperança, Fátima Roriz ponderou diversas especificações técnicas e conceitos relacionados a questões concernentes ao mobiliário, estrutura física e concepção teórica da unidade de saúde. Sempre buscando um paralelo com a realidade arquitetônica, mobiliária e finalística de comunidades terapêuticas.

Espaços terapêuticos

A Fazenda da Esperança é uma comunidade terapêutica, com mais de 30 anos de experiência na recuperação de jovens dependentes químicos. Avaliada como a maior obra da América Latina, desenvolvendo essa atividade e ajudando milhares de famílias, atualmente se encontra em 15 países, com 121 fazendas. No Brasil, está presente nas cinco regiões, totalizando 78 espaços terapêuticos. No Centro-Oeste são cinco fazendo, sendo uma em Goiás, em Aurilândia.

Link permanente para este artigo: http://credeq-go.org.br/fazenda-da-esperanca-visita-o-credeq/

jan 04 2017

Recuperação de Dependentes – Inaugurado por Marconi, Credeq de Aparecida ultrapassou 67 mil atendimentos

Este material é uma reprodução da matéria veiculada na edição de hoje, 4 de janeiro de 2017, no
jornal A Redação, em sua editoria Cotidiano. A matéria pode ser acessada pelo seguinte endereço eletrônico: http://www.aredacao.com.br/noticias/79445/inaugurado-por
A Redação
Aparecida de Goiânia – Com seis meses desde que foi inaugurado pelo governador Marconi Perillo, o Centro de Referência e Excelência em Dependência Química (Credeq) Prof. Jamil Issy, em Aparecida de Goiânia, ultrapassou este mês a marca dos 67 mil atendimentos. A unidade, pioneira no país, é especializada no tratamento de pessoas que sofrem os efeitos da dependência ao álcool e outras drogas, em especial o crack.
Entre os pacientes atendidos pelo Credeq está L.D., de 27 anos. Já não vendo mais solução para sua situação de dependência das drogas, depois de diferentes tentativas, ele ficou sabendo que o Credeq já estava em funcionamento e não hesitou em procurar ajuda. “Em 2010, o governador Marconi falou sobre o Credeq e eu sempre acreditei que ia acontecer, surgiu a vaga e estou regenerando”. Ele está há um mês e 15 dias na unidade.
L.D. conta que entrou para o “mundo das drogas” aos 14 anos por influência dos amigos. De lá para cá, foi viciado em álcool, cigarro, passou pela maconha e chegou ao crack. “Como tudo se inicia com um brilho enganoso, fui me envolvendo e quando percebi, estava afundado. Quando olhei no espelho, já estava viciado em crack”, contou.
Os internos no Credeq ficam em tratamento pelo prazo máximo de até 90 dias. “Nunca vi um tratamento com tanta excelência como este aqui. É prazeroso estar no Credeq”, elogiou. Para ele, a intenção é continuar o tratamento fora dali e reconstruir a vida. “O que ficou para trás, ficou para trás. A gente não muda o passado, mas consegue mudar o nosso futuro”, diz.
Outro interno do Credeq é D.E., de 49 anos. Há 52 dias na unidade, ele quer ter a dignidade de volta após 31 anos envolvido com os diferentes tipos de drogas e também com o tráfico de drogas. “Chega uma hora que tem que analisar a vida. Tenho três filhos, perdi a esposa por causa das drogas. Foi uma vida destrutiva”. D.E. já foi preso, passou dias dormindo nas ruas e foi com a ajuda da irmã que conheceu o Centro.
Para ele, o Credeq é a esperança de uma nova oportunidade. “Aqui o nome já fala: um Centro de Excelência. Aqui tem tudo que um paciente precisa. Sem o Credeq acho que já teria até morrido lá fora”, relatou.
De todas as atividades realizadas no Centro, ele ressalta as físicas, em especial, o futebol. Ainda comenta sobre a qualidade de vida que conquistou, se alimentando de forma regular e fazendo atividades físicas diárias, além de atividades espirituais. “Isso tudo ajuda. A gente vê que o corpo da gente está forte, como se tivesse novinho de novo, começando tudo de novo”.
Atividades físicas 
Os pacientes não são obrigados a praticarem exercícios físicos, mas as atividades fazem parte do protocolo terapêutico. Eles são estimulados a participarem de alongamentos e caminhadas, realizados diariamente, entre segunda e sexta-feira, das 6h50 às 7h30, e escolherem duas outras atividades físicas para realizarem no curso da semana e no período matutino.
Credeq em números
Desde a inauguração, foram realizados 67.075 atendimentos multidisciplinares, entre os quais Enfermagem (51.701), Psicologia (2.547), Psiquiatria (2.004) e Serviço Social (3.182). Pelo atendimento clínico do Credeq passaram 152 pessoas, com 89 internações.
As internações têm duração de até 90 dias, sendo sete dias na desintoxicação e os demais na Unidade de Tratamento Residencial (UTR). Além do atendimento multiprofissional (médico, psicólogo enfermagem e assistência social), são fornecidas terapias ocupacionais, musicoterapia, arteterapia e educação física.
Principal demanda vem da Região Metropolitana
A maioria dos pacientes atendidos pela unidade é de Goiânia – 53% do total. Aparecida de Goiânia responde por 17% da demanda e Senador Canedo, 11%. Outros municípios que levaram pacientes ao Credeq foram Abadia de Goiás, Abadiânia, Acreúna, Anápolis, Aragarças, Caldas Novas, Goianésia, Goianira, Inhumas, Israelândia, Itaberaí, Itauçu, Itumbiara, Jaraguá, Mineiros, Morrinhos, Rubiataba, Sanclerlândia, Uruaçu e Uruana.
O Credeq de Aparecida de Goiânia é gerido pela Organização Social Associação Comunidade Luz da Vida. Criada em 1997, a associação tem experiência no tratamento da dependência química masculina e feminina. Com sede no Recreio dos Bandeirantes, em Goiânia, a instituição, que é católica, mantém 14 obras sociais.
Seleção
 A Secretaria de Estado da Saúde (SES) definiu como critérios de inclusão o encaminhamento de crianças, adolescentes e adultos com diagnóstico atual de uso nocivo e dependência ao crack, álcool e outras drogas.
A recepção para o tratamento é feita a partir do encaminhamento por equipes da Rede de Atenção Psicossocial (RAPS) de todo o Estado e das Unidades Básicas de Saúde onde não existem Caps.
O Credeq Aparecida está localizado na Avenida Copacabana, s/nº – Setor Expansul, Aparecida de Goiânia. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (62) 3952-5500. (Com informações do Gabinete de Imprensa do Governador)

Link permanente para este artigo: http://credeq-go.org.br/recuperacao-de-dependentes-inaugurado-por-marconi-credeq-de-aparecida-ultrapassou-67-mil-atendimentos/

dez 30 2016

Evangélicos iniciam trabalho espiritual no CREDEQ

Religiosos evangélicos começam a prestar assistência espiritual e humanitária aos pacientes do Centro de Referência e Excelência em Dependência Química, em Aparecida de Goiânia (CREDEQ – Prof. Jamil Issy), a partir do próximo dia 7 de janeiro de 2017, no período vespertino.

O Discipulado, que é um grupo de missão, será composto por oito pessoas e capitaneado pelo presbítero Robson. Ligado à Assembleia de Deus de Campinas, com sede na Cidade Livre, em Aparecida de Goiânia, os evangélicos estarão presentes no CREDEQ – Prof. Jamil Issy todos os sábados, a partir das 15 horas.

De acordo com o diretor geral da unidade, que é ligada à Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES), Cleison Rodrigues, o serviço religioso na unidade de saúde tende a produzir bem-estar prático, emocional e físico. Para ele, os religiosos e os leigos desempenham papel de apoio e fortalecimento dos pacientes.

O atendimento espiritual ecumênico tem sido paulatinamente implantado no CREDEQ – Prof. Jamil Issy, tendo iniciado com as ações da irmã Raquel Ferreira Lemes, que pertence a ordem católica das Servas da Transfiguração. Semanalmente, a religiosa promove a Celebração da Palavra aos pacientes, além de conversar individualmente com quem a procura, solicitando assistência religiosa.

O diretor Cleison Rodrigues esclarece que as denominações religiosas interessadas em desenvolverem ações espirituais no CREDEQ – Prof. Jamil Issy podem procurar a administração. A unidade de saúde dispõe de três capelas, onde podem ser utilizadas para serviços religiosos.

Link permanente para este artigo: http://credeq-go.org.br/evangelicos-iniciam-trabalho-espiritual-no-credeq/

Posts mais antigos «