CREDEQ fala do relatório da OMS na Rádio Paz

O Centro Estadual de Referência e Excelência em Dependência Química, em Aparecida de Goiânia (CREDEQ – Prof. Jamil Issy), participa, nesta segunda-feira, dia 15 de outubro, do Programa Ponto de Vista, da Rádio Paz (89,5 FM), falando sobre a ansiedade. De acordo com o relatório da Organização Mundial de Saúde (OMS), o Brasil tem a segunda maior taxa de transtorno de ansiedade do mundo. Representando o CREDEQ – Prof. Jamil Issy no debate está o diretor técnico, psiquiatra Tiago Oliveira.

Dados recentes divulgados pela Organização Mundial de Saúde (OMS) mostram que 9,3% dos brasileiros apresentam os sintomas de ansiedade. O País é o líder mundial na patologia, apresentado números três vezes maiores que a média mundial. Na América do Sul, por exemplo, os índices do Brasil superam países como Paraguai (7,6%), Chile (6,5%) e Uruguai (6,4%).

O programa está sendo comandado pela jornalista Márcia Alves, que está transmitido, ao vivo, entre 12 horas e 13h30. Para acompanhar, instale o App da emissora, que pode ser feito pelo site http://www.pazfm.com.br/site/. Dois outros participantes abordam o tema sob óticas distintas: Maysa Balduíno – psicóloga, psicanalista clínica e membro associada da Sociedade Brasileira de Psicanálise do Rio de Janeiro; e Caio Fábio Martins – psicólogo clínico, especializando em gestão de pessoas e fundador da STG Consultoria.

Para participar o programa: Facebook: pazfmoficial / Twitter: @pazfm89 / Instagram: @pazfmoficial / Whatsapp: (62) 9 8599-2440 / Aplicativo: Paz Fm 89,5 – Você também pode assistir o Ponto de Vista e toda nossa programação na fanpage da Rádio Paz no facebook: pazfmoficial.

Atualmente, os transtornos derivados da ansiedade já são a terceira razão de afastamentos do trabalho no País, sendo que os gastos do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) giram em torno de R$ 200 milhões em pagamentos de benefícios anuais, de acordo com dados da Previdência Social. Acredita-se que esses números são decorrentes dos conflitos socioeconomicos, violência, trânsito nas grandes cidades e instabilidade política, que geram tensão na população.

A ansiedade é uma resposta subjetiva ao estresse sofrido por um indivíduo. Para a medicina existem dois tipos da condição: o Transtono de Ansiedade Generalizada (TAG) e a Síndrone do Pânico, ambas doenças graves que precisam ser tratadas por um psiquiatra com o uso de medicamentos adequados para o controle dos sintomas.

Quanto aos sinais, eles podem variar de acordo com cada paciente. Entre os sinais estão a sensação de angústia, mal-estar, coração acelerado, desatenção, tremores estão entre os indícios. O que pode levar a sentimentos de grande desespero com prejuízos a vida de quem sofre com esse transtorno.

Link permanente para este artigo: http://credeq-go.org.br/credeq-fala-do-relatorio-da-onu-na-radio-paz/