dez 06 2017

CREDEQ participa do simpósio que discutirá relação entre pública e privada

O Centro Estadual de Referência e Excelência em Dependência Química, em Aparecida de Goiânia (CREDEQ – Prof. Jamil Issy), participa do 1º Simpósio Nacional de Gestão Pública e Privada discutirá a associação entre entidades do Terceiro Setor e a administração pública. A unidade será representada por seu diretor técnico, psiquiatra Tiago Oliveira, e o seu assessor jurídico, advogado Leonardo Ornelas. O evento, que acontece nesta quinta-feira (7/12), entre 8 e 18h30, no auditório da Reitoria da PUC/GO  (Praça Universitária), é organizado pela Escola de Ciências Médicas, Farmacêuticas e Biomédicas da PUC Goiás e a Secretaria Estadual da Saúde de Goiás.

No acontecimento irá se abordar o tema A relação público/privada no mundo contemporâneo: organizações sociais, avanços e desafios para uma gestão, de alta performance, da saúde e educação. O simpósio é destinado a gestores, profissionais da saúde e educação pública e privada, empresários, administradores, secretários da Saúde e da Educação e demais interessados em gestão pública e privada nestas áreas.

O objetivo do evento, de acordo com o presidente da comissão organizadora, Renato Gomes, é discutir sobre os avanços e desafios na gestão das unidades de saúde e educação na rede própria do Estado de Goiás, através dos contratos de gestão com organizações sociais, bem como o impacto deste modelo tanto na qualidade e segurança do paciente, como o efeito na gestão do custo.

“O país passa por um momento histórico de transformação nas relações no ambiente público e privado, cabendo debates sobre tendências nos modelos de gestão, tanto na área pública quanto na privada. a ideia de construir o Simpósio é para reunirmos, anualmente, profissionais das mais diversas áreas, para consolidação de novos modelos e formas para uma gestão com excelência”, esclarece Renato Gomes.

Na ocasião haverá uma homenagem (in memorian) ao professor Nion Albernaz, ex-prefeito de Goiânia, pela excelência na gestão e prestação de serviços nas unidades de saúde do estado de Goiás. Mesas-redondas pautam a programação do evento: a gestão pública hoje; contratos de gestão; gestão de alta performance e segurança do paciente serão os principais temas abordados por pesquisadores  que são referência no assunto.

A organização revela que os gastos com a saúde no Brasil poderão atingir entre 20% e 25% do PIB em 2030, de atuais 9%. Atualmente, o Brasil possui 273.586 estabelecimentos de saúde cadastrados, dos quais 6.642 são hospitais e que somam 496.038 leitos. Ressalta-se, ainda, que cerca de 2,6 milhões de profissionais atuam no setor da saúde. Apesar da logística e do corpo profissional evidenciarem números grandiosos, em um país que está inserido no rol das sete maiores economias global, o Brasil gasta pouco em saúde, quando comparado a outros países.

Link permanente para este artigo: http://credeq-go.org.br/credeq-participa-de-simposio-em-que-sera-discutida-relacao-publica-e-privada/