CREDEQ adere ao Programa Nacional de Controle do Tabagismo


O Centro Estadual de Referência e Excelência em Dependência Química, em Aparecida de Goiânia (CREDEQ – Prof. Jamil Issy) participou do módulo tratamento do Programa Nacional de Controle do Tabagismo (PNCT), com o intuito em capacitar seus profissionais, para a implantação do Programa de Cessação do Tabagismo ao Programa Terapêutico na Internação e no Ambulatório.

Com essa presença, o CREDEQ – Prof. Jamil Issy se torna integrante da Rede Nacional e Mundial de combate ao uso do tabaco. O Programa Nacional de Controle do Tabagismo consiste em ajudar os participantes a deixarem de fumar, fornecendo-lhes todas as informações e estratégias necessárias para direcionar seus próprios esforços nesse sentido, com a ajuda de uma abordagem ativa de uma equipe multidisciplinar.

Essa formação é oferecida pela Coordenação Estadual do Programa de Controle do Tabagismo / Instituto Nacional de Câncer (INCA), órgão do Ministério da Saúde responsável pela Política Nacional de Atenção Oncológica e pela articulação e implementação do Programa Nacional de Controle do Tabagismo.

Renovação

Desde dezembro de 2018, o CREDEQ – Prof. Jamil Issy desenvolve o Programa de Controle do Tabagismo, do Ministério da Saúde. A coordenação do programa na unidade de saúde está a cargo do Departamento de Reinserção Social. Esse programa foi suspenso, no início da pandemia do novo Coronavirus (Covid-19), em março de 2020. Pelo programa, caso o paciente se dispusesse a participar do programa, teriam orientações técnicas de como parar de fumar, palestras sobre malefícios do cigarro, avaliação com nutricionista, dentista, medicação preconizada pelo Manual do Tabagismo, acompanhamento de profissionais e reuniões em grupo. O tratamento tinha duração de seis meses.

Os grupos eram coordenados por profissionais da unidade, além de contarem com a participação de convidados. Após a 4º reunião, os pacientes passavam por consulta médica mensal e tinham acesso aos medicamentos e adesivos de nicotina. Os grupos eram instrumento importantes para a cessação ao tabagismo e redução de doenças crônicas.

Tabagismo

O cigarro, de acordo com estudos e autoridades médicas, além de fazer mal à saúde dos pulmões e estar relacionado ao desenvolvimento de câncer, é um dos maiores inimigos da saúde do coração. As substâncias presentes no cigarro favorecem o acúmulo de placas nos vasos sanguíneos e interferem no mecanismo de contração e relaxamento do sistema circulatório, o que aumenta muito o risco de doenças cardiovasculares, como hipertensão, infarto e Acidente Vascular Cerebral.

22 out 2020



    DEPOIMENTOS


  • Endereço

    Avenida Tanner de Melo, S/N – quadra gleba 02, lote parte 02
    Fazenda Santo Antônio Aparecida de Goiânia – GO CEP: 74993-551