//

CREDEQ intensifica ações no combate ao Coronavírus


O Centro Estadual de Referência e Excelência em Dependência Química, em Aparecida de Goiânia (CREDEQ – Prof. Jamil Issy), reduziu em 50% o número de pacientes avaliados, diariamente, no âmbito ambulatorial. Estas e outras ações integram o protocolo de combate ao Coronavírus (Covid-19). No âmbito das internações, as atividades físicas com contato físico estão suspensas e as atividades internas, em ambientes fechado, reduziram para no máximo 10 pacientes em local arejado, mantendo distância de 1 metro.

Os pacientes ambulatoriais estão aguardando suas consultas do lado de fora da unidade, em frente a recepção central, em um ambiente organizado pelo setor de hotelaria da instituição, mas que considera distâncias protocolares. Ao receber o paciente na recepção e ele sendo identificado com sinais gripais, lhe é ofertada a máscara cirúrgica. Em seguida, ele é isolado em um local arejado até a chegada da equipe de enfermagem, quer realizará a triagem na recepção e repassará as orientações ao paciente e ao seu acompanhante.

Para os pacientes do setor internação, que nesta quinta-feira (19/3) somavam 96, sendo 16 mulheres e 80 homens, as visitas e licenças terapêuticas (LT) estão suspensas (aquelas em que o paciente volta para a casa por um final de semana), assim como as realizações de exames não urgentes fora da unidade.

De acordo com o diretor Técnico do CREDEQ – Prof. Jamil Issy, Danilo Fiorotto, as medidas, organizadas a partir de diretivas da Superintendência da Vigilância Sanitárias e da Secretaria da Saúde de Goiás, têm o propósito de preservar vidas e manter a excelência no atendimento e no tratamento. Fiorotto adianta que as medidas também alcançam os colaboradores, que estão sendo inteirados sobre as novas formalidades a partir de palestras, que acontecem desde o início desta semana.

Ontem, quarta-feira (18/3), por exemplo, ocorreram duas, nas quais foram evidenciadas o protocolo de manejo do novo Coronavírus, com novas medidas de prevenção contra o (Covid-19) e ações estratégicas em caso de contaminação. O regulamento foi desenvolvido em parceria entre a Gerência Técnica e a Comissão de Controle de Infecções Relacionadas à Saúde (CCIRAS). As medidas estão de acordo com as orientações disponibilizadas pela SES-GO.

Durante as exposições foram definidas medidas práticas para diagnosticar possíveis infectados, além de reforçar que não existe tratamento e nem vacina para o vírus, por isso seria importante a prevenção.

As palestras foram ministradas na Sala de Terapia Ocupacional, do Ambulatório Infanto-juvenil (STO-3), pela enfermeira Solange Tavares, com participação da gerente de Enfermagem Moana Salviano.

19 mar 2020



DEPOIMENTOS


  • Endereço

    Avenida Tanner de Melo, S/N – quadra gleba 02, lote parte 02
    Fazenda Santo Antônio Aparecida de Goiânia – GO CEP: 74993-551