Paciente agradece acolhida ao CREDEQ


Acolhido. Assim é como se sente o auxiliar de cozinha, depois de enfrentar 12 semanas de tratamento intensivo, pelo sistema de internação, na reabilitação do Centro Estadual de Referência e Excelência em Dependência Química, em Aparecida de Goiânia (CREDEQ – Prof. Jamil Issy), instituição a qual deixou neste primeiro final de semana de setembro. Teve seu primeiro contato com álcool aos 10 anos de idade, Julimar Nunes de Sousa, com meio século de vida, mora com a mãe, morador do Jardim Novo Mundo, em Goiânia. Analfabeto e apaixonado pela cor amarela, Julimar também foi diagnosticado com retardo mental, mas não que isto invalide sua determinação em permanecer sóbrio e distante da época em que alucinações lhe machucavam a alma e imolavam o seu corpo. Confiante de que sua jornada é longa, o ajudante de cozinha vai se dedicar a uma rotina de 12 passos da Comunidade Terapêutica Luz que Liberta, com o propósito de palmilhar a consolidação do seu tratamento. Em uma fala simples, mas permeada pela gratidão e alegria, Julimar gravou um audiovisual expressando sua felicidade por perseverar em seu protocolo terapêutico singular, ao longo de 90 dias, no CREDEQ – Prof. Jamil Issy. Agradecido à instituição médica e aos familiares, ele garante estar decidido a se esforçar no tratamento. Vale lembrar, que o alcoolismo é a dependência mais difícil e dolorosa de ser tratada.

9 set 2020



DEPOIMENTOS


  • Endereço

    Avenida Tanner de Melo, S/N – quadra gleba 02, lote parte 02
    Fazenda Santo Antônio Aparecida de Goiânia – GO CEP: 74993-551